Neste artigo, você vai encontrar informações valiosas para gerir com sucesso as contas do seu condomínio.

 

Na escola, um boletim acadêmico perfeito exige muito trabalho, disciplina e organização para ir bem, no dia a dia e, posteriormente, nos trabalhos e provas. Da mesma forma, para equilibrar as contas do seu condomínio não é diferente. Uma vez que, o síndico precisa ter uma dedicação diária para alcançar o sucesso.

Entretanto, a grande diferença é que, na escola, quando o aluno não consegue atingir a média de pontos exigida, ele tem a chance de passar pelo processo de “Recuperação”. Nele, ele pode refazer as provas para conseguir melhores notas.

Já, em um condomínio, o síndico não tem a chance de passar pelo processo de “Recuperação” para repor os pontos perdidos. Consequentemente, a importância em se dar bem em todos os quesitos e, continuamente, para manter as contas do seu condomínio sempre acima da média.

Mas, como é possível ter uma gestão financeira equilibrada? Siga com a leitura deste artigo e entenda melhor! Neste material, você vai encontrar informações valiosas para gerir com sucesso as contas do seu condomínio:

O que pode atrapalhar as contas do seu condomínio?

O síndico tem um papel elementar na condução de um “ano letivo” cheio de notas acima da média, ou seja, na gestão do condomínio. Para tanto, é importante saber, antecipadamente, o que deve ser estudado para evitar os imprevistos, por consequência abaixo destacamos os principais deles!

Ausência da definição do orçamento

Comece definindo a previsão orçamentária. Por meio dela, as contas do seu condomínio vão estar alinhadas à arrecadação. Assim, é possível garantir uma projeção precisa de quanto o síndico pode investir ao longo do ano sem afetar as finanças.

Vale também destacar duas projeções para o orçamento: uma com os gastos ordinários (aqueles fixos, que vêm todos os meses) e os extraordinários (digamos, algum problema hidráulico no empreendimento).

Uma boa maneira de fazer isso é por meio do diagnóstico das despesas de meses — ou mesmo anos anteriores. Até por isso, o auxílio de uma administradora se faz tão relevante: essa empresa consegue ajudar tanto na compilação de dados, como na organização do orçamento, que vai permitir um balanceamento eficaz nas contas do seu condomínio.

Outro ponto valioso é a projeção de índices do próprio ano (como o IGP-M, usado como índice de correção) e a média de inadimplência do condomínio. Afinal de contas, de nada adianta contar com um orçamento que pode ser facilmente prejudicado pelo valor médio desfalcado pelos inadimplentes.

Falta de um controle das entradas e saídas

Conforme apontamos acima, saber o que “vai cair na prova” permite ao síndico — e também facilita o trabalho cotidiano do zelador — lidar com os eventuais obstáculos com assertividade.

Para tanto, o controle de todas as entradas e saídas é essencial para ajustar e manter em dia as contas do seu condomínio. Por meio disso, um diagnóstico ágil é promovido para avaliar onde há o desequilíbrio de contas. E, mais uma vez, a administradora de condomínios se faz de grande utilidade para esse processo.

Afinal, a expertise de uma administradora de condomínio competente como a Habitacional, agrega em consultorias pontuais que contribuem com a manutenção, os ajustes e a valorização da saúde financeira e, consequentemente, das contas do seu condomínio.

Negligência à prestação de contas

Em mais um trabalho próximo ao da administradora de condomínios, o síndico pode apresentar todas as obras e atividades realizadas ao longo da sua gestão condominial.

Como resultado disso, a administradora e o síndico podem avaliar quais projetos renderam o esperado, o que foi desperdiçado e quais custos saíram além do esperado.

Na mesma proporção, a prestação de contas é uma maneira de apresentar os dados para todo o Corpo Diretivo, a fim de agregar transparência ao uso das finanças, bem como evitar todo tipo de fraude.

Uso exagerado de papéis nas contas do seu condomínio

Convenhamos: em plena Era Digital, o uso de papéis é só um grande obstáculo na consolidação de uma gestão mais segura e produtiva.

Os meios digitais, conferem segurança, organização e uma valiosa integração de dados para a tomada de decisão ágil e assertiva.

Descaso com as possíveis ações judiciais e outros processos

Vale apontar que, dentro do monitoramento das contas do seu condomínio, todo tipo de ação judicial e processos devem ser acompanhados de perto, e nunca ignorados.

Isso porque, se o síndico perder algum prazo ou não estar por dentro das etapas de alguma liminar ou processos que tenham a ver com retenção de impostos, por exemplo, pode acarretar penalidades caras e que vão desacelerar o desenvolvimento do condomínio e a eficiente gestão financeira.

E, como as finanças correspondem a uma parcela determinante de uma boa gestão — dispondo de soluções múltiplas para acompanhar as contas do seu condomínio, como vimos acima, que tal começar esse tipo de trabalho com efeito imediato?

Para isso, baixe agora mesmo gratuitamente o nosso e-book sobre gestão financeira do condomínio! Neste rico material, você vai encontrar informações imprescindíveis para gerir com assertividade as contas do seu condomínio. Não perca!

habita

habita

Deixe seu comentário

Fique por dentro

Cadastre-se e receba todas as nossas novidades.

Scroll Up

2ª VIA DE BOLETO

Selecione abaixo seu boleto

logo-footer.png

Solicite uma proposta

2ª VIA DE BOLETO CONDOMÍNIO

2ª VIA DE BOLETO ALUGUEL