Funções do zelador

Quando é preciso solucionar um problema dentro do apartamento é comum que o zelador seja a primeira opção a quem recorrer. Não é mesmo?

Vazamentos, entupimentos, troca de chuveiro e pequenos consertos são serviços demandados pelos moradores a esses profissionais, mesmo sabendo que a função deles é cuidar do condomínio como um todo e não das unidades em particular.

Assim, junta-se ao fato de que os zeladores são geralmente pessoas de extrema confiança, responsáveis e grandes conhecidos de todos. Ou seja, o que faz com que os condôminos se sintam à vontade para acessá-los diretamente.

Embora o zelador seja sempre muito prestativo e represente uma verdadeira “mão na roda” para resolver pendências doméstica, eles são funcionários contratados exclusivamente para prestarem serviços ao condomínio.

Logo, a prestação de serviços particulares não é recomendável, mesmo sendo em dias de folga ou fora do horário de trabalho.

Contudo, isso porque qualquer trabalho que exceda esse escopo pode ser vinculado ao condomínio, caracterizando horas extras e todos os outros direitos trabalhistas em uma possível ação na justiça.

Caso eles reclamem que ficam no trabalho durante mais tempo que a jornada determinada em carteira, o condomínio precisará provar que isso não ocorreu, o que é difícil.

Além disso, existe outro risco: caso o funcionário se machuque trabalhando dentro de alguma unidade, ele pode responsabilizar o condomínio.

Resumindo, os chamados “bicos” dos zeladores, mesmo fora do horário de expediente, não inviabilizam a possibilidade de processos trabalhistas.

Afinal, podemos ou não utilizar os serviços do zelador?

Para fugir do risco jurídico, que tanto onera o condomínio, o recomendável é que os condôminos discutam em assembleia. Ou seja, quando há intenções de contratar um profissional para atribuições especiais, além de definir um regulamento.

Por conseguinte, o ideal é registrar se, por exemplo, o funcionário vai entrar nos imóveis, se as chaves serão deixadas com ele, quais os serviços permitidos, etc.

Afinal, vale lembrar que os serviços executados devem ser simples, e nunca relacionados à obras e pinturas, por exemplo.

Nos condomínios mais novos, os serviços extras costumam ser mais bem definidos.

Assim, Em muitos deles, existem pacotes avulsos – pay per use – à disposição dos moradores. Entretanto, em outros, são contratadas empresas para gerenciar a atuação de faxineiros, porteiros e zeladores. Assim, quando estes prestam assistências gerais, sendo que a cobrança pelos trabalhos pode ser coletiva ou separada por apartamento.

O importante é que as regras sejam claras para que não surjam surpresas ao longo do caminho. Como diz o ditado, o combinado nunca sai caro.

Temos algumas dicas importantes de como reduzir custos dentro de um condomínio, vale a pena conferir, veja aqui! Gostou do nosso post? Tem dicas de mais assuntos? Comente aqui e deixe sua sugestão.

Procurando por uma administradora de condomínios em sp?

Conte com a Habitacional como a sua parceira na gestão do seu condomínio. Temos a experiência de mais de 50 anos atuando no mercado. Possuímos certificações ISO9001 selo do PROAD.

Nossos profissionais são experientes e bem preparados para realizar uma excelente administração condominial.

Atuamos como administradora de condomínios em sp e atendemos as principais regiões. Se você procura na internet por: administradora de condomínios em sp centro, administradora de condomínios em sp zona sul ou administradora de condomínios em sp zona oeste, conte com a Habitacional.

Sua melhor parceira para uma gestão eficiente no seu condomínio.

Deixe seu comentário

Fique por dentro

Cadastre-se e receba todas as nossas novidades.

Scroll Up

2ª VIA DE BOLETO

Selecione abaixo seu boleto

logotipo sob-medida

Por que gastar mais com serviços que você não usa?
A HABITACIONAL possui um pacote feito SOB MEDIDA para se condomínio.

Solicite uma proposta

** Região de atuação: SP - capital.
* Campo obrigatório

2ª VIA DE BOLETO CONDOMÍNIO

2ª VIA DE BOLETO ALUGUEL