invasao em condominio

Eles não vêm do céu nem em discos voadores, mas são perigosos e criativos. Veja nossas dicas de prevenção de invasão em condomínio.

Um dos tópicos mais procurados nos sites de busca, como o Google, por exemplo, , que está relacionado com imóveis e patrimônios é a invasão em condomínio. Pois, essa é uma das principais preocupações de proprietários de apartamentos e uma questão que precisa ser revista sempre já que a metodologia de roubos muda, evolui e adapta-se.

Dos grupos de ladrões compostos por várias pessoas, passamos aos jovens com disfarces ou pessoas de aparência impecável, que não levantam nenhum tipo de suspeita. Os invasores de hoje estudam as falhas na segurança e seus golpes são silenciosos e furtivos e, inclusive, criativos.

Quais são os desafios atuais para a segurança no condomínio?

Como a segurança física tem aumentado muito com a tecnologia, por conta da instalação de câmeras, portões elétricos e sistemas digitais, os ladrões que planejam uma invasão em condomínio estão procurando cada vez mais por falhas de segurança na parte humana.

Os principais motivos atuais pelos quais um ladrão consegue entrar num condomínio são:

  • Os próprios moradores facilitam a entrada dos criminosos, com ações de falta de atenção e não observação das normas de segurança;
  • Os invasores obtêm dados essenciais de falhas na segurança, em parceria com funcionários do condomínio;
  • Tiram vantagem da boa vontade, negligência, treinamento deficiente ou menosprezo pelo protocolo de segurança por parte do porteiro.

Portanto, é fundamental deixar bem clara a importância dos processos de segurança, principalmente, na portaria tanto para os funcionários quanto para os moradores.

Quais são as principais medidas de prevenção para uma invasão em condomínio?

O invasor hoje é sofisticado. Não atrai atenção e é completamente discreto ou, pelo contrário, chama a atenção de forma intimidante ou difícil de despertar dúvidas. Já aconteceu, por exemplo, de invasores entrar vestidos como polícias ou como corretores de imóveis com a desculpa de mostrar um apartamento para um possível morador.

Portanto, a primeira recomendação é investir num bom treinamento para os porteiros ou contratar um serviço especializado com ênfase para a importância de seguir com rigor os protocolos de segurança.

É bom também dedicar um esforço para fazer uma campanha de conscientização dentro do condomínio com o intuito de informar aos moradores boas práticas de segurança, principalmente, no que tem a ver com não compartilhar informações pessoais —nas redes sociais, por exemplo— que possam ser úteis para os possíveis invasores.

Se ainda não conta com uma boa segurança eletrônica, já passou da hora de investir num bom equipamento. Portões elétricos e câmeras, por exemplo, são uma barreira que dificulta o acesso de qualquer possível invasor, já que é possível pedir para a pessoa se identificar antes de entrar no condomínio.

Também é importante para uma boa prevenção de invasão em condomínio contar com uma boa comunicação. Imagine por exemplo que você está indo trabalhar e observa uma atitude suspeita em alguém. Hoje, todo mundo tem celular, portanto, você poderia avisar facilmente para o síndico, ou diretamente para o porteiro sobre uma possível situação de perigo. A era digital já está presente, é momento de tirar vantagem disso.

Caso queira aprofundar mais no quesito segurança, disponibilizamos no nosso blog várias dicas de segurança, além de um blog post especial onde falamos das invasões das quadrilhas “geeks”.

habita

habita

Deixe seu comentário

Fique por dentro

Cadastre-se e receba todas as nossas novidades.

Scroll Up

2ª VIA DE BOLETO

Selecione abaixo seu boleto

logo-footer.png

Solicite uma proposta

2ª VIA DE BOLETO CONDOMÍNIO

2ª VIA DE BOLETO ALUGUEL