Temos, hoje, tantas opções que facilitam nossas vidas, muitas delas a um simples toque no celular. Essas facilidades estão mudando também a convivência no condomínio.

Neste espaço procuramos sempre mostrar facilidades para a vida em condomínio, como por exemplo, nosso último post sobre serviço de delivery para conserto de bicicletas, mas existem infinitas alternativas além dessa. Hoje, com as facilidades da tecnologia, tudo isso está, literalmente, na palma da mão, a um simples toque no celular.

Existe, hoje, uma mudança no comportamento das pessoas, mas não só das pessoas, como em tudo à sua volta. Claro, um condomínio está inserido nesse contexto. Temos todos os serviços que pensamos em utilizar literalmente na palma das mãos, pelo celular. Aplicativos existem para nos ajudar, seja para pedir um táxi, ver um filme, pedir refeições, chamar um serviço, marcar encontros, contratar um personal trainer, organizer, confirmar reservas em cinemas, teatros e restaurantes etc. Enfim, as tecnologias disponíveis permitem respostas rápidas a todas as necessidades, facilidades, comodidade e, cada vez mais, interatividade – seja com serviços ou com pessoas.

Mas tem um ponto que precisa ser falado nesse sentido: essas facilidades vêm para o bem, mas também provocam mudanças no dia a dia do condomínio, como a convivência entre moradores e, principalmente quanto a segurança de todos. A maioria destes serviços requerem a permissão do acesso ao prédio de pessoas estranhas. E a administradora de condomínios deve ser parceira nas orientações nesse sentido. A Habitacional possui, profissionais que tem conhecimento e expertise para orientar desde questões de segurança à convivência.

Facilidades e novo perfil de consumidores. Mas e os condomínios?

Claro, os aplicativos e todo o acesso a essas facilidades existem para melhorar a vida das pessoas. Hoje, as facilidades de delivery, só para citar os aplicativos mais usados, vêm de todas as partes. De certa forma, começou no ramo de alimentos, com a simples entrega de pizzas. Mas com a evolução das tecnologias e até a vida agitada das pessoas, que buscam facilidades o tempo todo, hoje existem aplicativos para tudo: refeições, remédio, transporte, mudança, entregas, motoboys, consertos (como o de bikes, já abordado aqui), enfim, tudo que facilita a vida.

Essas tecnologias produzem um efeito muito importante. Elas estão mudando o perfil atual dos consumidores. Um ponto interessante a ser abordado é que, atualmente, até o conceito de morar vem sendo alterado com as novas tecnologias. Existem aplicativos, sites, que proporcionam a divisão de moradia, mudando conceitos na relação de convivência dentro do condomínio, em locações compartilhadas, locação de curto tempo. É um novo comportamento que condôminos, síndicos e administradoras precisam se adaptar. Isso faz com que moradores busquem lugares que tenham essa mesma identidade e criem ou adaptem novas regras de convivência a essa nova realidade. São conceitos novos, mas devemos estar preparados para isso.

Síndicos e moradores precisam estar atentos a essas novas tendências. Um caminho é buscar apoio de uma administradora, como a Habitacional, que acompanha toda essa evolução e está atenta às mudanças e já criou serviços usando novas tecnologias de contato, como a comunicação via WhatsApp, entre outros serviços. A Habitacional tem na tecnologia uma aliada e orienta os condomínios por ela administrados como pode e deve ser feita essa adaptação.

Segurança acima de tudo

As novas tendências promoveram uma mudança de perfil do consumidor – que é um morador do condomínio. Mas há um lado importante a observar no uso destas facilidades: novas tecnologias, também propiciam, através do mau uso, novas formas de golpes.

Em se tratando de condomínios, uma questão que precisa ser ressaltada é com relação à entrada desses entregadores/serviços nos condomínios. Como fica a segurança do prédio e de seus moradores com esses novos tempos de tecnologias facilitadoras? Bem, tudo depende do que a convenção do condomínio determina. Claro, se ela foi feita antes que esses serviços virassem rotina, precisa ser atualizada.

De certa forma, já há uma conscientização de moradores e usuários, na grande maioria dos prédios, de não mais permitir entrada desses entregadores no ambiente do condomínio. O usual é o condômino ir até a portaria para receber seus pedidos/serviços. Alguns cuidados que é importante manter atenção:

– O porteiro deve verificar sempre com o condômino se o pedido foi realmente feito. Avisar da chegada do entregador.

– No caso de retirada, não abrir por completo a entrada. Se houver um espaço para passagem da entrega, use-o para receber e pagar.

– Se precisar abrir o portão, cheque os arredores.

– Se o condomínio tiver portões duplos intertravados, as chamadas clausuras, use-as corretamente.

– Em serviços nas unidades, que também podem ser solicitados via aplicativo, cabe adotar, todas as regras que são rotina: checar referências, só permitir entrada se houver identificação da empresa e do prestador (nesse caso, uniforme, crachá, documentos etc. são essenciais). Importante também é monitorar o percurso desses prestadores durante todo o tempo em que estiverem dentro do edifício.

– Para entregas grandes, como água, móveis e eletrodomésticos, por exemplo, nos quais os entregadores irão até a unidade, os cuidados do item anterior se repetem. Além disso, é importante ter um cadastro de prestadores desses serviços, que podem ser indicados pelo síndico. O ideal é não ter muitos fornecedores e se restringir a dois ou três de confiança e todas devem ter autorização prévia para entrar no prédio, mas que deve ser checada sempre que prestarem o serviço.

– Moradores que não têm condições de ir até à portaria, por exemplo, por alguma impossibilidade física, podem-se criar algumas formas para isso, seguindo o modelo dos prestadores de serviço e limitando a casos especiais.

Enfim, a segurança em um condomínio é fator mais do que importante. Hoje, existem golpes dos mais elaborados para se entrar em um prédio. Cabe a todos colaborar e seguir as regras.

Boa convivência acima de tudo

Além de todos os cuidados com a segurança, se deve pensar na questão da boa convivência entre os condôminos. O bom senso é primordial. Os cuidados colocados acima são para todos, indistintamente (mesmo as exceções). Assim, se todos seguirem o que o condomínio determina, ninguém se incomoda.

Fundamental, se o condomínio não tem essas regras definidas na convenção, indicado que isso seja discutido em assembleia e que essas regras sejam determinadas por todos, respeitando a segurança e ouvindo a todos. Criar uma espécie de código de convivência segura é um bom caminho. Um caminho bom para todos, moradores, vizinhos e entregadores.

A vida, hoje, tem muitas facilidades. Saber aproveitar bem cada uma delas é direito de todos. Mas é dever respeitar regras e garantir a segurança e a boa convivência no condomínio. A Habitacional possui profissionais qualificados, totalmente adaptados a esses novos tempos, aptos a orientar os condomínios com relação a tudo que se refere ao tema.

Deixe seu comentário

Fique por dentro

Cadastre-se e receba todas as nossas novidades.

Endereços

Sede:
Avenida Angélica, 2.118 – 7º andar Higienópolis – CEP: 01228-200 São Paulo – SP
Filial (Berrini):
Av. Engº Luis Carlos Berrini, 1500 – 15º andar CEP: 04571-000 – São Paulo – SP

TRABALHE CONOSCO

Gostaria de trabalhar na HABITACIONAL? Veja como fazer parte da nossa equipe.

ATENDIMENTO VIRTUAL

24h por dia.
Mais agilidade ao seu
dispor.


Whatsapp

(11) 3234.5555

Adm. Condomínios Residenciais

Fone: 11 3234-5555

Adm. Condomínios Comerciais

Fone: 11 5505-0733

Adm. de Bens e Imóveis

Fone: 11 3234-0000

Copyright Habitacional © 2019. All rights reserved

Scroll Up

2ª VIA DE BOLETO

Selecione abaixo seu boleto

Solicite uma proposta

2ª VIA DE BOLETO CONDOMÍNIO

2ª VIA DE BOLETO ALUGUEL